10 COISAS QUE PODEM SER CONSIDERADAS RUINS, MAS QUE A CIÊNCIA MOSTROU UM OUTRO LADO

10 coisas que podem ser consideradas ruins, mas que a ciência mostrou um outro lado

Você já percebeu que nem tudo o que é ruim para você também é para outras pessoas? Listamos abaixo uma série de coisas que você pode considerar ruins, mas que a ciência mostrou um outro lado. No entanto, se são politicamente corretas ou não, é uma outra história.
Cerveja

Estudos realizados pelo Departamento de Epidemiologia e Saúde Pública da University College de Londres concluíram que a cerveja ajuda a prevenir o risco de enfartes do miocárdio. Mas calma, nada de se empolgar e tomar litros de cerveja. A prevenção só é válida para quem consome a bebida moderadamente. O estudo afirma que a ingestão mode­rada da bebida pode contribuir na prevenção da osteoporose e na redução do risco cardiovascular. Além disso, à cerveja possui capacidade antioxidante e melhora a qualidade nutricional.
Raiva

Se você é uma daquelas pessoas que se chateia com tudo e por quase nada fica com raiva, certamente já deve ter escutado frases como: “Extravase sua raiva de alguma forma, mas não a guarde”, correto? Só que, contrariando a maioria, um estudo, publicado na revista especializada Brain Behavior and Immunity, afirma que pessoas que controlam o sentimento de raiva, conseguem se recuperar mais rapidamente de cirurgias.O estudo afirma que o estresse provocado pela raiva causa um impacto direito no processo de restabelecimento do organismo. Durante a pesquisa, 100 pessoas foram monitoradas enquanto respondiam um questionário que media seu temperamento. Logo em seguida, os pesquisadores passaram um tempo observando com que velocidade eles se recuperaram em um ferimento no braço. Logo, os voluntários mais esquentados levaram quatro vezes mais tempo para sarar do que os outros.
Café

O hábito de beber café, tão enraizado na cultura brasileira ainda gera muita polêmica sobre os riscos e benefícios do seu consumo. Em 2007, uma pesquisa realizada pela UFRJ mostrou que pessoas que sofriam com síndrome do pânico faziam uso excessivo de café. A alta dosagem da bebida foi usada como parâmetro para avaliar a ação da cafeína em portadores de transtornos de ansiedade. Dos avaliados, cerca de 70% apresentavam respostas a doses altas de café. Mas calma! O “pretinho mais querido do Brasil” está longe de ser considerado um vilão. Um estudo realizado em um instituto italiano indicou que o café protege o fígado contra cirrose e câncer, se consumido em doses adequadas.A chave estaria na própria cafeína, que possui numerosos antioxidantes, como magnésio e ácido clorogênico.
LSD

Curiosamente uma das drogas mais consumidas dentro do movimento hippie foi criada com o objetivo de ser um remédio. Albert Hofmann, que morreu esse ano descobriu o LSD por acaso, quando trabalhava em um laboratório. Ele contou que teve de deixar o trabalho e ir para casa porque foi acometido por uma repentina sensação de desconforto e vertigem, após ter realizado testes, nele mesmo, para desenvolver um estimulante circulatório e respiratório.Curiosamente, o uso de pequenas doses de LSD mostraram-se bastante eficazes no tratamento da pior fase de recuperação de alcoólatras, as recaídas. Entre 1947 e 1966, o laboratório chegou a manufaturar o LSD em cápsulas e ampolas, para utilização médica em tratamentos psiquiátricos e neurológicos, no entanto, o uso abusivo da substância acabou decretando o fim da sua produção e o seu ingresso no hall das drogas ilícitas.
Raios de Sol

Certamente você deve conhecer alguém que não suporta os raios solares. Está comprovado que a exposição excessiva aos raios solares pode causar sérios problemas de pele. Mas, o que pouca gente sabe é que os raios solares também trazem benefícios para a saúde. Os asmáticos, por exemplo, conseguem atrevés dos raios solares suprimir a reação que causa as crises de asma.
Larvas de insetos

Embora possuam aparência repugnante, as larvas de insetos têm se mostrado bastante eficazes no tratamento de feridas graves. Reconhecido pelo FDA, o tratamento consiste na aplicação de larvas de mosca nos ferimentos, cuja função é comer os tecidos mortos, acelerando o processo de cicatrização. Além disso, é um tratamento, que não requer anestesia, tem se mostrado bastante eficaz na recuperação de pés de doentes diabéticos, que normalmente acabavam sendo amputados.
Canabis Satíva

Esta é, sem dúvida, a droga mais polêmica do mundo. Nos EUA, por exemplo, 11 Estados já adotaram legalmente a maconha para fins medicinais, sem, contudo, despertar a reação de grupos contrários à plantação em escala residencial da erva. Os resultados, obtidos por meio de experimentos com ratos, mostraram que o cannabidiol, uma das substância da cannabis, pode retardar a perda de memória durante o desenvolvimento do mal de Alzheimer.Entretanto, é importante deixar claro que semear ou cultivar plantas destinadas à preparação de entorpecente é considerado crime.
Vinho Tinto

Faz tempo que o vinho é conhecido por possuir propriedades anti-cancerígenas. O segredo está em um antioxidante concentrado especificamente na casca das uvas vermelhas, o resveratrol. O resveratrol favorece a produção, pelo fígado, de HDL; e a redução da produção de LDL, e ainda impede a oxidação do LDL circulante. Tem, assim, importância na redução do risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares, como o infarto do miocárdio.
Chocolate

Todo mundo comenta que chocolate engorda, mas a maioria esquece que ele também pode prevenir o surgimento de câncer e o entupimento de artérias. Alem disso, um estudo, publicado pela Associação Americana do Coração, nos Estados Unidos, concluiu que o chocolate amargo ajuda a baixar a pressão sangüínea. No entanto, o estudo não significa que as pessoas devem comer mais chocolate, apenas indica que os flavonóides antioxidantes beneficiam as funções vasculares.
Sexo

Parece brincadeira, mas o sexo está nessa lista porque muitas pessoas o consideram ruim. O fato curioso é que, além de ser extremamente relaxante e prazeroso, o sexo reduz o estresse, diminui o colesterol e melhora a circulação do corpo. Será que precisa de mais algum motivo?

Retirado de O Buteco

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: